História

QUEM SOMOS

A ACI foi fundada em 1936 e, desde então, vem atuando como um importante parceiro do empresariado de Sete Lagoas e região.

Nossa missão é fomentar o desenvolvimento sustentável e o fortalecimento sócio-econômico da cidade, e promover discussões sobre temas importantes para o dia a dia da comunidade de Sete Lagoas e região, em busca de melhores resultados para o empresariado e de mais qualidade de vida para a população.

Intercedendo junto ao poder público e outras entidades privadas e de classe, a Associação Comercial de Sete Lagoas representa e defende os interesses da classe empresarial.

Ao longo dos últimos 80 anos, a ACI marcou sua presença na sociedade sete-lagoana apoiando causas comunitárias e elevando o espírito de solidariedade, por meio da participação em projetos de cunho social, educacional e econômico.

 

NOSSA HISTÓRIA

Em 8 de Janeiro de 1936, um grupo de 48 empresários, cientes da necessidade de criar uma entidade que representasse a classe em Sete Lagoas, criou a Associação Comercial. O intuito, já naquela época, era fortalecer o comércio e a indústria da cidade, e unir forças para defender os interesses e reivindicações de seus associados.

Apenas onze dias após aquela primeira reunião, ou seja, no dia 19 de janeiro de 1936, aconteceu, no antigo Cine Meridiano, a Assembleia Geral de Instalação da Associação Comercial de Sete Lagoas.

Nomes como Alonso Marques Ferreira, coronel Antonio Andrade, José Franco Monteiro, Francisco Teixeira da Costa e João Damasceno França, ainda hoje lembrados pela sociedade sete-lagoana, participaram da comissão designada para elaborar o estatuto social da entidade e dar início à formalização da, então, Associação Comercial.

Anos mais tarde, em 20 de maio de 1973, em Assembleia Geral Extraordinária, foram alterados o estatuto original e entidade passou a se chamar, como ainda hoje, Associação Comercial E Industrial de Sete Lagoas.

Em oito décadas de história, a ACI orgulha-se de fazer parte do desenvolvimento econômico de Sete Lagoas, e em ter, como fundadores, empresários que apostaram na união como ferramenta para o fomento da economia da cidade e da região.